quarta-feira, março 06, 2013

Periquita: O Branco

Primeiro estranhou-se, depois entranhou-se. Tornou-se normal, ver um Periquita de cor branca ao lado do Periquita de cor negra. Um par que está para ficar.




Paulatinamente, transformou-se numa opção válida, para ocasiões descontraídas, para parelhar com comida fresca, ácida, temperada por especiarias.



Um Periquita crocante, tenso e ácido. Um estilo adequado a tempos mais quentes, mas que cumpre nos dias em que apenas encontramos calor na cozinha, na lareira ou com o AC ligado. Um vinho multi-facetado e para multi-ocasiões e à mão de semear.

Post Scriptum: O Vinho foi oferecido pelo Produtor.

Sem comentários: