quinta-feira, maio 11, 2006

Status Grande Escolha 2004

Ora aqui está. Status Grande Escolha 2004.
Com 14%. É impressionante que até o Dão, a tal região da elegância, começa a colocar no mercado vinhos com uma graduação alcoólica muito acima do que estavamos habituados a ver no passado. Mudança de rumo? Mudanças na condução das vinhas? Alterações climatéricas? Perguntas de outro rosário, que poderão dar um bom tema de conversa... Mas voltemos ao vinho.
Um vinho que apresentou uma cor bonita, com alguma concentração. Rebordo ruby.
Inicialmente, com aromas um pouco fechados, oferecendo sugestões a lagar e azeitona esmagada. Tive que fazer um compasso de espera, para esquecer este inicio algo difuso. Terminada a pequena quarentena, este vinho da Vinicola de Nelas, conseguiu oferecer sugestões de fruta (pensei muito em bagas, amoras, morangos), que pareciam vir acompanhadas com alguma compota ou passa (que me incomodava um pouco). Fundo balsâmico e uma leve nuance a especiaria.
Mostrou aromas limpos e correctos, mas algo pesados (para myself). Sem muito mais para dar.
Na boca, comportou-se de forma correcta, afinado. Sem grandes estrondos. Apesar da presença de um lado doce (a tal compota ou passa), conseguiu ser refrescante, durante o tempo que se manteve na boca. Final médio/curto, deixando na memória uma leve impressão balsâmica.
É, acima de tudo, um vinho para o dia-a-dia. Pouco complexo, mas composto. Fácil de agradar a quase todos os consumidores. Pode mostrar que o Dão também consegue fazer vinhos fáceis e de alguma empatia. Vinhos destes podem ser uma porta de entrada para o Dão profundo (é aqui que estão, se calhar, os melhores vinhos da região. Como sempre uma opinião pessoal). Custou 2,59€.
Nota Pessoal: 14

1 comentário:

Copo de 3 disse...

Vejo que tem mais graduação que o 2003 que por sinal se mostrou um vinho interessante face ao preço praticado... o Dão está a ganhar lugar nesse campo.

Comentários moderados ?
As bacoradas já chegaram aqui ?
Muito triste mesmo, e aposto que foi um anónimo.